Não me diz nada.

Publicado 4 de fevereiro de 2011 por nesselugar

1493467784_large

Silêncio. Todos dizem que ele fala mais de mil palavras, só que até agora eu não decifrei nenhuma. O olhar? Ah, o olhar…ele poderia me dizer alguma coisa sim, mas não diz. Porque ele não existe. Quero palavras, gestos, demonstrações. O silêncio e o olhar me enganam. As palavras dizem aquilo que eu preciso escutar. Muitas vezes não o que eu quero, mas o que eu preciso.

Pensamento. Palavra. Ação. Se tudo acontecesse nessa perfeita ordem, tudo seria tão mais fácil… O pensamento muitas vezes é inevitável, é difícil controlá-lo. A palavra fica presa na garganta. A ação? Ela só fica na expectativa de fazer o seu trabalho. E ela só o faz quando demos as ordens.

Mas infelizmente, não podemos falar ou fazer tudo que pensamos. Seria uma verdadeira desordem. Depois viriam as conseqüências, mas e daí? Estamos aqui pra isso, pra viver as nossas experiências. Só que o medo sempre fala mais alto. Sempre! E assim, o silêncio reina. O silêncio da nossa boca, porque a nossa mente vive agitada, pensando em tudo que queríamos falar e fazer. Nossa mente procura sempre controlar os sentimentos, mas quem é forte o suficiente pra controlá-los?

Aí a nossa mente, nossas palavras e nossos atos é que são controlados pelos nossos sentimentos…vira tudo uma perfeita e desordem e o que nos resta é apenas o silêncio que nunca nos diz nada, mesmo querendo dizer tudo.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: