Todos iguais.

Publicado 29 de agosto de 2011 por nesselugar

Tumblr_ln7h37d40x1qcx73po1_500_large

Todos iguais. Não mudam, e se mudam é pra pior. Existem as exceções sim, mas esses também mudam. E adivinhem? Não é pra melhor…

Como se apaixonar, sabendo como os homens são? Até agora nenhum deles fingiu ser diferente o suficiente pra me enganar. Tenta me enganar, que eu finjo que acredito.

Eu sei exatamente o único interesse dos homens. Interesse que a gente é obrigada a suportar para suprir a maldita carência. Carência de carinho e atenção, e não a mesma carência que os homens têm.

Quero alguém que me ame, que me respeite, que me queira e me deseje. Nessa respectiva ordem. Quero alguém que me divirta, que me faça rir, que converse comigo. Que entenda a minha vontade de saber como está sendo o dia da pessoa amada e a necessidade de ouvir sua voz todos os dias.

Quem ama não cansa, não enjoa, não sufoca e nem se sente sufocado. Não quero juras de amor eterno, nem promessas de um final feliz. Basta dizer que me ama e que me prove isso todos os dias. Essa coisa de “te amo pra sempre” não dura. O “pra sempre” sempre acaba.

Sei que todos são iguais, mas quero um que sinta a vontade de ser diferente estando ao meu lado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: