Perguntas…

Publicado 15 de fevereiro de 2012 por nesselugar

É incrível como algumas conversas não me influenciam, exatamente quando elas deveriam penetrar profundamente dentro de mim. Não sei até que ponto as pessoas querem realmente me ajudar… Descobri que uma simples palavra pode mudar tudo, pode destruir ou construir tudo.
Continuo a viver, um dia de cada vez como tem que ser feito.
Quanto mais o tempo passa, mais eu percebo quanta coisa acontece a cada ano, a cada dia. São acontecimentos que mudam radicalmente pessoas e relacionamentos. Como acreditar em quem nos decepciona, em quem nos magoa e magoa os outros? E como não acreditar naquelas pessoas que têm um brilho no olhar inconfundível? Porque tantas pessoas fazem parte da nossa vida por um longo ou curto tempo e depois simplesmente somem, deixando saudades ou apenas mágoas?!
Um dia eu espero encontrar respostas pra todas as perguntas que me rodeiam, mesmo sem eu perceber. Essas respostas podem mudar o mundo, partindo de cada pessoa que saiba fazer bom uso da revelação desse mistério que é a vida.

Quem nunca lutou para tentar ser feliz?

Publicado 15 de fevereiro de 2012 por nesselugar

Entre os milhares de sonhos dos seres humanos, há um que todos desejam: ser feliz !
Mas como lutarmos para conseguir isso diariamente?
Há tantas preocupações no dia-a-dia como ir trabalhar, estudar, mandar os filhos para a escola, pagar contas, etc. Tentamos todos os dias convencer o tempo a ficar ao nosso lado para que assim, possamos dar conta de todos os compromissos do dia para não haver dores de cabeça por deixar passar uma ou outra coisa que tínhamos que fazer.
Como se já não bastasse isso, ainda há as nossas preocupações interiores, nossos sentimentos, como a saudade da família que mora longe, saudade de uma pessoa amada,  de um companheiro (a). Chateações com amigos próximos, mágoas e decepções com quem havíamos depositado toda a nossa confiança.
Em meio a tudo isso, há tempo para pensar em como ser feliz, deixando tudo isso de lado, uma vez que não podemos simplesmente ignorar certos fatos?
Aqui vai uma dica: se você não procura a felicidade nos momentos diários, ela vem até você. Sim, ela quer nos alcançar, nos abraçar, mas NÓS com tantas preocupações, simplesmente não a vemos e a ignoramos… deixamos ela passar despercebida por nós.
Alguns exemplos: Em uma música que você ouve, a calma e a tranquilidade que a melodia te passa, instantes em que você pode lembrar  de uma época boa, uma pessoa querida. Algumas músicas falam tanto com nós, que imediatamente nos identificamos com a letra da música, como se ela fosse escrita para contar o que estamos passando naquele momento. Sim, a música nos traz alegria!
Sempre reclamamos por não termos uma coisa ou outra, como um vestido lindo que vimos em uma loja, um celular moderno, um carro super potente, aquela casa maravilhosa… Nos frustramos por não termos condições de ter o que queremos.
Mas, temos uma roupa para vestir, mesmo que não seja tão nova e tão moderna, mas é uma roupa. Aquele celular velho te salva nos momentos mais importantes em que as pessoas precisam muito falar com você. Seu fusca, sua brasília, sua motocicleta ou sua bicicleta não te levam do mesmo modo ao lugar de destino? Se você não tem condições de comprar nem mesmo um fusca, dê graças às suas pernas que te levam a todos os lugares mesmo assim. Andando, você demora pra chegar, mas enquanto anda, vá reparando na paisagem que se forma à sua volta. As árvores, os pássaros, as pessoas nas ruas, olhe o céu, o sol, a lua, as estrelas. Não é lindo o que temos à nossa volta?
Sua casa não é das melhores? Já está bem velha? Já imaginou os moradores de rua? Eles não sabem o que é isso. Dê valor ao seu teto, por ter onde morar, dormir, comer…
E o melhor que a vida nos oferece são as pessoas que nos rodeiam. Primeiramente a família que é responsável por nos ter dado a vida, permitida por Deus, é claro.
A família nos ensina o que é a vida e como ela deve ser vivida. Nos dá educação e o principal: nos ensina a amar.
Depois ao longo do tempo vamos conhecendo várias pessoas que em alguma horas entram na nossa vida e depois passa a permanecer nela pra sempre. São os amigos, namorado…
Essas pessoas nos proporcionam os melhores momentos da nossa vida… podem ser momentos curtos, mas que ficam marcados para sempre, essas pessoas nos ensinam a amar e a sermos realmente felizes, tendo o que temos e principalmente quem temos.
E nessa loucura que é a vida percebemos que podemos ser felizes, basta acreditarmos que a felicidade existe e está bem a nossa frente. Aproveite!

 

(Francieli Gomes)

Primeiros Passos.

Publicado 15 de fevereiro de 2012 por nesselugar

Não siga os caminhos já trilhados, pois eles te levarão aonde alguém já chegou. Queira seguir caminhos NOVOS. Caminhos que ninguém ousou em trilhar. Queira sempre experimentar o novo, o desconhecido.
Não pense no que você encontrará na estrada, apenas a siga. Assim, você poderá ter experiências fantásticas e consequentemente conhecer o seu eu. Se redescobrir.
O que faz a vida ter prazer é o NOVO.
Sinceramente não sei qual caminho eu tenho seguido, mas sinto que é uma estrada na qual alguém já passou. Não quero seguir passos. Quero ser a primeira a caminhar nessa estrada. Não sei onde ela vai me levar, mas não me importo…
Começarei trilhar um novo caminho, uma nova estrada. Meus primeiros passos.

(Francieli Gomes)

Acredite em você mesmo.

Publicado 11 de fevereiro de 2012 por nesselugar

Essa vontade de chegar ao final é maior que toda força contrária que quer me impedir de conseguir o que eu quero. Hoje eu acordei com uma vontade de provar à mim mesma o quanto eu sou capaz. Não é só tentar, é tentar com a convicção de que eu vou conseguir. Os sonhos não têm valor nenhum sem a fé da realização. Há tantas coisas para serem feitas à respeito daquilo que você quer. São muitas opções, procure encontrá-las. Sempre há alguma coisa a se fazer. Mexa-se, corra atrás daquilo que você quer, pois quando estiver lá na frente, por mais difícil que tenha sido conseguir, vai valer a pena todo o esforço feito, toda a fé que você depositou em si. Acredite, só não realiza seus sonhos, quem não quer.

(Francieli Gomes)

Vida!

Publicado 11 de fevereiro de 2012 por nesselugar

Na vida existem pessoas, momentos, dias e palavras que eu não entendo. E prefiro nem entender, pois tudo é tão complexo e tão simples ao mesmo tempo… Mesmo querendo na entender, às vezes é necessário para que possamos crescer, mudar, agir e falar da maneira correta. Mas será que queremos viver da maneira correta? E qual realmente é a maneira correta de se viver, se é que isso existe?

Mudança? Infelizmente, eu não percebo quando isso acontece comigo, seja para melhor ou pra pior, mas as pessoas ao meu redor percebem; aquelas que realmente me conhecem. Não sou melhor e nem pior que ninguém e aprendi que é besteira a gente se comparar ou tentar se igualar a outras pessoas. Com meu jeito de ser, eu posso fazer pessoas me amarem e outras me odiarem, mas jamais vou agir para agradar ou provocar alguém. Sou verdadeira com os outros e principalmente comigo mesma e é isso que me faz ser quem eu sou.

Nossos sentimentos já nos fizeram sentir dor, chorar, sofrer, se alegrar, rir, aprender, amadurecer, viver, amar, odiar. É incrível como eles nos mudam em apenas alguns segundos…

O tempo passa e as pessoas continuam cada vez mais ignorantes. As pessoas espertas sabem como aproveitarem o tempo para se tornarem sábias. Algumas amam mais, outras amam menos, e ainda outras não sabem o que é isso.

Temos tantos sonhos… Alguns grandes, outros pequenos, mas são todos sonhos. Chega um dia em que aqueles pequenos sonhos começam a se realizar nas nossas vidas, mas não percebemos porque havíamos nos esquecido deles. E talvez hoje, eles não tenham tanta importância para nós porque só queremos saber das realizações dos grandes sonhos.

Tudo conspira a favor da nossa felicidade conforme nosso merecimento, mas esquecemos de agradecer, pois queremos sempre mais e mais e mais.

Uma reclamação atrás da outra de coisas inúteis que poderiam se resolver apenas com uma palavra carinhosa.

Deus deve cansar e se entristecer de nos dar tanta felicidade e só receber como recompensa a nossa ingratidão, ou apenas o silêncio que fala por sim mesmo.

Nenhum dia é igual ao outro, mas ficamos comparando os dias como sem fossem um jogo dos sete erros. Sempre há algo novo em nossos dias, mas só queremos enxergar os erros iguais. Uma mesma imagem na nossa memória de todos os dias iguais. E neles, há mudanças sim, mas são apenas a mudanças dos erros. Porque é tão difícil mudar isso? Mudar as nossas atitudes que sabemos que nos fazem mal?

Acredito que Deus coloca cada pessoa na nossa vida com um propósito diferente. O problema é descobrir qual é esse propósito…

Alguns têm tanta importância para nós, sendo ela desmerecida e ainda outros que passam pelas nossas vidas sem ao menos percebermos e deixam em nós marcas e lembranças que não se apagam, independente do tempo.

São tantas perguntas que eu faço diariamente para mim mesma, sem encontrar nenhuma resposta… Com isso só me resta não querer, ou pelo menos tentar não querer entender o motivo das coisas, momentos  e pessoas em nossas vidas.

Indecisão é quando eu sei o que quero, mas finjo que não sei, por haver outra opção, não sabendo qual será o melhor pra mim. Assim sendo, resta-me sempre arriscar consciente das conseqüências dos riscos que vou correr. Essas conseqüências podem ser boas ou ruins, dependendo da minha escolha.

Acabo concluindo que a vida é mais engraçada do que parece… É tão bom e necessário rirmos e chorarmos, pois alimenta nosso espírito.

Os meus pensamentos voam longe… vão para um lugar desconhecido, com pessoas e momentos desconhecidos. Escrevo porque meu sono me perturba, alguns sonhos estranhos, de noites estranhas me perturbam…

Entre palavras, pensamentos e sentimentos é o meu refúgio, de um mundo onde existem amor, ódio, vontade, desistência, orgulho, humildade, inveja e tudo mais que estamos cansados de saber. Isso talvez seja um desabafo de algo preso em mim por muito tempo. E ainda há mais coisas entaladas em algum lugar dentro de mim que eu não sei.

Toda a vida não é suficiente para conhecer a nós mesmos e muito menos as pessoas ao nosso redor. Em alguns minutos podemos descobrir que as pessoas não eram aquilo que imaginávamos, gerando assim a nossa decepção ou orgulho delas.

Quando conhecer uma pessoa, não tente compreende-la profundamente, pois você mesmo não se conhece totalmente. Tente ver os defeitos e as qualidades dessa pessoa e não as julgue por nenhuma dessas qualidades ou defeitos, pois a qualquer hora ela pode surpreender você.

Quanto mais pessoas você conhecer, melhor, pois cada uma delas terá algo a te ensinar e esperando aprender contigo.

Não questione o porque de cada momento acontecer ou cada pessoa aparecer e fazer parte da sua vida. Apenas agradeça por cada segundo vivido, pois desde que você permita Deus está na direção da tua vida. E quanto a isso não há o que temer.

(Francieli Gomes)

Todos iguais.

Publicado 29 de agosto de 2011 por nesselugar

Tumblr_ln7h37d40x1qcx73po1_500_large

Todos iguais. Não mudam, e se mudam é pra pior. Existem as exceções sim, mas esses também mudam. E adivinhem? Não é pra melhor…

Como se apaixonar, sabendo como os homens são? Até agora nenhum deles fingiu ser diferente o suficiente pra me enganar. Tenta me enganar, que eu finjo que acredito.

Eu sei exatamente o único interesse dos homens. Interesse que a gente é obrigada a suportar para suprir a maldita carência. Carência de carinho e atenção, e não a mesma carência que os homens têm.

Quero alguém que me ame, que me respeite, que me queira e me deseje. Nessa respectiva ordem. Quero alguém que me divirta, que me faça rir, que converse comigo. Que entenda a minha vontade de saber como está sendo o dia da pessoa amada e a necessidade de ouvir sua voz todos os dias.

Quem ama não cansa, não enjoa, não sufoca e nem se sente sufocado. Não quero juras de amor eterno, nem promessas de um final feliz. Basta dizer que me ama e que me prove isso todos os dias. Essa coisa de “te amo pra sempre” não dura. O “pra sempre” sempre acaba.

Sei que todos são iguais, mas quero um que sinta a vontade de ser diferente estando ao meu lado.

O que me falta.

Publicado 25 de agosto de 2011 por nesselugar

Queria mesmo não ter tanta preguiça de escrever, visto que é algo que eu gosto de fazer. O problema é que eu sempre bato na mesma tecla. Bato com a cara na parede tantas vezes, que nem arrependimentos tenho mais. E aprendi que isso é bom. Tudo acontece porque tem que acontecer, não vou viver de culpas…

Erros atrás de erros. Consequências imediatas. A gente pode não saber o que é MELHOR pra gente, mas com certeza sabemos ao menos o que é BOM. E mesmo sabendo disso, temos prazer em ir atrás do que só é bom momentâneamente.

Tinha a doce ilusão de que valia a pena viver alguns segundos bons e depois aguentar as consequências. Estas, não tão boas…mas não, não vale. Lembro-me que queria muito a mudança em mim. E consegui. Isso me trouxe aspectos bons e ruins. Algo me diz que preciso valorizar mais os aspectos bons…

Já fui e já voltei tantas vezes… Sempre acabo no mesmo lugar, com as mesmas pessoas, com os mesmos pensamentos, com os mesmos sentimentos.

Vencer a mim mesma a cada dia está sendo uma tarefa cada vez mais difícil. Eu sei do que preciso.